2.4.10

Sardaukar

slavery-maryland Está na hora de acabar com esta fama de bom homem que tem o Sardaukar. Enquanto todos se divertem lendo as postagens deste blog, nos bastidores reina a intolerância, as ameaças e o trabalho escravo. Até que, na minha última postagem, nos comentários, todos os seis leitores conheceram the dark side of this blog. E com o coração cheio de medo e insegurança, apresento a vocês, e ao déspota Sardaukar, o novo modelo de layout do blog. Como tudo na vida, fica faltando alguma coisa: o logotipo. Enquanto isso, perco-me no sertão brasileiro, fugindo do ódio de Her Sardaukar.

4 comentários:

  1. Quando voltar, biatche, vamos ter aquela conversinha regada a absinto e amianto!

    ResponderExcluir
  2. Sardinha curte mesmo um BDSM.

    ResponderExcluir
  3. É, e você é o meu servant favorito, S.Kastor! :)

    ResponderExcluir